Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Just Saying

Blog pessoal

12
Jan17

Carta Ao Melhor Pai Do Mundo! #3

Acho que nunca te disse o quanto és importante na minha vida. Tudo o que sou devo-o a ti que nunca desististe de mim, que sempre lutaste para me dares o melhor, que sempre fizeste um esforço enorme para que eu não sofresse... Tu que sempre estiveste lá.

E sei que não foi fácil, sei que continua a não ser fácil, mas sei também que enquanto estivermos juntos tudo vai correr bem, vamos superar tudo. Sei que vamos ser mais felizes. Sei-o porque só pode ser dessa forma, não há outra possibilidade, não há mais nada que faça sentido. Sei-o porque o mereces. Sei-o porque és o melhor.

Muitas crianças procuram nos desenhos animados e nos filmes os seus heróis, querem ser como eles, querem saber voar, ter uma capa, ter poderes... Eu desde cedo que soube quem era o meu Super-Herói: Tu. É em ti que me inspiro para ser alguém melhor todos os dias, é a tua bondade que me fascina e que me faz perceber que não só de maldade o mundo é feito. É essa tua força que me faz nunca desistir dos meus sonhos e que me faz ir à luta mesmo que nem sempre seja fácil.

Contigo aprendi a perdoar. Aprendi que não devo guardar em mim o mal, as mágoas... Aprendi a ser melhor, aprendi a não perder tempo e a dizer sempre o quanto alguém é importante para mim. Aprendi o significado de família, de amor, de amizade... Contigo aprendi, e contigo continuo a aprender.

E se hoje sou o que sou, e se tenho tantas ambições é graças ao Pai incrível que és.
E um dia vamos olhar para trás e vamos dizer: Valeu a pena. Valeram a pena os sacrifícios, as distâncias, tudo.
Espero ser sempre um motivo de orgulho para ti, espero sempre estar além das tuas expectativas, espero poder retribuir tudo o que fazes por mim.

Enquanto isso não acontece vou continuar a dar-te um abraço pela manhã, vou continuar a dizer que te amo, vou continuar do teu lado, sempre, porque isso nunca é demais.

Podem vir mil Ronaldos que para mim tu serás sempre o melhor do mundo.
 
 
 

Untitled design (1).jpg

 

27
Jun16

Carta à vítima #2

Hoje quero que acordes. Quero que vejas o que te estão a fazer e quero principalmente que entendas o que é a humilhação.

Ela começa com um insulto, um empurrão, começa com aquele grupinho que se junta e se ri de ti. Começa quando tu te vês sozinho e isolado por tanto te rejeitarem. Começa e continua quando chegas a casa e te trancas no quarto a chorar, a sentir raiva, a te olhares ao espelho e sentires ódio, e até mesmo quando tu resolves que a solução é te magoares a ti próprio e aos que te rodeiam. Como se isso fosse amenizar a tua dor. Como se isso solucionasse toda a crueldade das pessoas.

Começa sem te dares conta, e consome-te. E vai continuar se tu te mantiveres estático. 

Liberta essa raiva. Grita, chora, e principalmente FALA!

Por muito que tu aches que ninguém te compreende, por muito que penses que não vai resolver, e por muito que te sintas só, tens de olhar á tua volta, tens de ver a tua família, tens de ver quem te ama. Tens de acreditar que te amam, e isso só vai acontecer quando tu te aceitares e quando conseguires ver que nada do que te façam de mal consegue ser maior do que o amor. Tens de falar, tens de desabafar, tens de pedir ajuda. É essencial que peças ajuda e que queiras o melhor para ti, porque tu mereces o melhor!

Ninguém tem o direito de te dizer que não podes, que não és suficientemente bom, que não deves ser assim ou assado. Ninguém tem o direito de te julgar.

E se o fizerem então nunca te esqueças que tu és bem melhor que o ser ignorante que te insulta e te humilha. Tu és forte, és incrível, és amado, e o amor que te dão tem de ser sempre maior do que qualquer pessoazinha que só se sente grande a humilhar os outros, pessoazinha essa sem amor no coração.

Não sintas raiva dele, não nutres dentro de ti um sentimento tão mau. Sente antes pena por essa pessoa não ter o que tu tens, amor. E torce, torce para que ele consiga um dia ver que tudo o que faz está errado e para que absorva muitos sentimentos bons. Talvez um dia consiga ser alguém melhor. O mundo precisa de pessoas melhores.

 

 

 

25
Dez15

Carta á Vó #1

Sites-que-te-ajuda-a-melhorar-seu-Writing.jpg

 

Já se passaram 11 anos desde que partiste e no entanto parece que foi ontem...

 

Lembro-me exatamente do dia em que tive a notícia que nunca mais te iria ver. Estava em casa a dormir enquanto o pai tinha ido trabalhar, o telefone tocou, atendi e disseram que era do hospital e que precisavam de falar com um adulto. Não foi preciso me dizerem que tinhas morrido, eu percebi logo que algo não estava bem quando o pai chegou a casa. Nem uma palavra foi dita naquele momento, simplesmente desatei a correr para ele e chorei como nunca. Senti uma dor enorme no peito naquele dia, senti revolta, raiva, culpei Deus, culpei toda a gente, culpei-me a mim mesma, culpei o universo e o destino. Não queria aceitar, como era possível terem-te tirado de mim? 

 

Foi um dos piores dias da minha vida. Queria que tivesses ficado comigo para sempre, queria poder ter feito por ti tudo o que fizeste por mim, queria que estivesses ali para me abraçar sempre que eu chorasse, queria que fosses eterna! 

Tenho saudades de acordar ao teu lado, da tua comidinha que não há igual no mundo, de jogar ás cartas contigo (em que ganhavas sempre por seres uma graaaaaaaaande batoteira!), de me ralhares, tenho saudades do teu sorriso lindo e sincero, dos teus beijinhos na minha face, dos teus abraços apertados, de estares presente, tenho saudades tuas. 

Roubaram-te de mim.

 

Hoje és um anjo que está no céu e para o qual eu falo muitas vezes. Foste a minha melhor amiga e foste uma mãe, e nada, mas mesmo nada, me fará esquecer de ti. A tua alma é eterna. Penso em ti todos os dias, agradeço todos os dias por continuares a cuidar de mim daí de cima, estamos ligadas para sempre. 

E o tempo passa, esta saudade não diminui mas hoje já consigo aceitar que é o ciclo da vida, e que eu não poderia ser tão egoísta ao ponto de querer que estivesses aqui a sofrer, hoje vejo que foi melhor assim, que estás melhor assim, estás em paz.

Um obrigada não chega para agradecer tudo o que fizeste por nós, por me teres criado e teres me dado todo o amor do mundo, por teres sido incansável; e, um amo-te não é suficiente para te dizer o quanto gosto de ti, o quanto tenho saudades tuas e daria tudo para te ver mais uma vez, te abraçar mais uma vez, e te dar mil beijos, só mais uma vez.

 

A dor de já não estares aqui, de não te ver presente na mesa no Natal, de não ouvir a tua voz, de não te ver, de não te tocar, essa dor é como tu, eterna. 

 

Até um dia, Vó ❤

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D