Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Just Saying

Blog pessoal

03
Nov16

Bagagem

Arranca de mim cada gota de amor que um dia nutri por ti. Deixa-me despida de todos os sentimentos que envolvam afecto, carinho e dedicação. Mata-me por dentro, tira as flores que em tempos me fizeram tão feliz. Tira-as. E não deixes rastos nem vestígios que me façam lembrar de ti, que me façam sentir saudade e vontade de voltar, porque eu não aguentaria.

 

Não quero sentir. Não quero ter mais essa capacidade. 

 

Quero que vás, que sigas em frente sem olhares para trás, sem arrependimentos. Quero que todas as memórias se percam e não encontrem caminho de volta. Quero a sanidade mental de alguém que não sente, que não sofre, que não ama... Quero que larguemos as mãos neste preciso momento, e que a partir de agora não sejamos nada.

 

Quero o fim. Quero ser desprovida de sentimentos.

 

Peço-te, imploro-te que vás, e que leves contigo a minha inocência de acreditar que as pessoas têm um coração bom e puro. 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D