Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Just Saying

Blog pessoal

Just Saying

Blog pessoal

23.Nov.16

Laços Inquebráveis

Queria poder estar contigo hoje, queria abraçar-te e dizer-te o quanto te amo, mas não posso.

Queria estar perto, queria ver-te crescer. Queria poder ensinar-te, proteger-te e mimar-te.

Queria poder ficar a olhar para ti eternamente.

 

Faltas-me tu para me contagiares com esse teu sorriso e me dares força. Tenho saudades dessa tua maneira de ver as coisas tão fáceis que eu tanto invejo. Tenho saudades desse teu abraço, de ver filmes contigo e principalmente de rir contigo.

As circunstâncias da vida levaram-te para longe de mim, e aos poucos isso vai me destruindo.

Sei bem que esta ligação que temos nunca será quebrada. Somos eternas amigas e cúmplices.

E esteja eu onde estiver vou te amar sempre. Da mais pura, sincera e inexplicável maneira que se pode amar alguém.

 

 

07.Nov.16

#2 PENSAMENTO | Saulo Fernandes

"Hoje eu acordei mais cedo
E fiquei te olhando dormir
Imaginei algum suposto medo
Para que tão logo
Pudesse te cobrir

 

Tenho cuidado de você
Todo esse tempo
Você esta sob o meu abraço
E minha proteção
Tenho visto você errar e crescer
Amar e voar
Você sabe onde pousar

 

Ao acordar já terei partido
Ficarei de longe, escondido
Mas sempre perto decerto
Como se eu fosse humano, vivo
Vivendo pra te cuidar, te proteger
Sem você me ver
Sem saber quem sou
Se sou anjo
Ou se sou
Seu amor"

 

Saulo Fernandes

(Poema Anjo)

06.Nov.16

Soul

Sais de mim, viajas, corres e vagueias por entre as ruas. Voas através dos sonhos e fazes-me acreditar que é possível, que eu consigo e que há algo bom à minha espera.

És ambiciosa, destemida e persistente, e quando sais de mim sinto-me vazia e quero desistir, porém nunca me deixas. Consciência irrequieta e que bate as suas asas para longe criando planos e visões futuras.

Tudo é possível para ti. 

 

 

 

 

 

03.Nov.16

Bagagem

Arranca de mim cada gota de amor que um dia nutri por ti. Deixa-me despida de todos os sentimentos que envolvam afecto, carinho e dedicação. Mata-me por dentro, tira as flores que em tempos me fizeram tão feliz. Tira-as. E não deixes rastos nem vestígios que me façam lembrar de ti, que me façam sentir saudade e vontade de voltar, porque eu não aguentaria.

 

Não quero sentir. Não quero ter mais essa capacidade. 

 

Quero que vás, que sigas em frente sem olhares para trás, sem arrependimentos. Quero que todas as memórias se percam e não encontrem caminho de volta. Quero a sanidade mental de alguém que não sente, que não sofre, que não ama... Quero que larguemos as mãos neste preciso momento, e que a partir de agora não sejamos nada.

 

Quero o fim. Quero ser desprovida de sentimentos.

 

Peço-te, imploro-te que vás, e que leves contigo a minha inocência de acreditar que as pessoas têm um coração bom e puro.